Embora alguns juízos de 1ª instância tenham por ideologia,  tentado barrar os serviços da Polícia Rodoviária Federal contra o crime organizado, essa não é e não será uma opção aceitável. A sociedade está atenta e sabe o quão representativo têm sido o efetivo trabalho da PRF contra o crime.

Só no atual governo federal, sob o comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a PRF já deu um prejuízo ao narcotráfico e as organizações criminosas de mais de R$ 500 milhões de reais. Com apreensão de drogas, armas e bens pertencentes ao tráfico. Os bens apreendidos foram revertidos a beneficio da Segurança Pública Nacional.

Nos últimos anos, a Polícia Rodoviária Federal tem batido recordes na apreensão de drogas e produtos ilegais nas estradas do país. Em 2020, foram tiradas de circulação mais de 727 toneladas de maconha, número 123% maior que as apreensões de 2019. Já a apreensão de cocaína teve um acréscimo de 25% em relação a 2019. Com o aumento na fiscalização, cresce também apreensão de vários outros tipos de ilícitos.

No Ceará, a PRF  apresentou os resultados operacionais de 2021. Durante o ano, a instituição bateu recorde na apreensão de cocaína e crack, registrando um aumento de 190% em relação a 2020. A PRF também registrou aumentos no número de fiscalizações de trânsito e de veículos recuperados.

Aplicação eficiente de recursos

Durante o ano passado, a PRF aplicou recursos de maneira eficiente e direcionada com o objetivo de garantir a segurança pública nas rodovias federais do Ceará. Os resultados alcançados são fruto de ações orientadas por atividade de inteligência, o que possibilita aos policiais agirem com mais precisão durante as fiscalizações.

Das apreensões de cocaína e crack de 2021 no Ceará, mais de 98% foram orientadas por recursos de inteligência, que incluem soluções tecnológicas, equipes altamente capacitadas e integração de informações com outros órgãos policiais, que reduzem os gastos públicos e o retrabalho das equipes de fiscalização.

Os números falam por si sós: o Ceará foi o estado do nordeste com maior número de apreensão dessas drogas no ano passado, somando mais de 1 tonelada.

Benefício para a sociedade, prejuízo para o crime

Se para os cidadãos o uso eficiente dos recursos públicos representa diversos benefícios, para o crime organizado, a atuação da PRF significa altos impactos financeiros. 

Em 2021, estima-se que as apreensões de drogas ilícitas e de cigarros contrabandeados representam mais de R$ 172 milhões em impactos financeiros negativos para o crime. Sufocando a capacidade das facções criminosas para se financiarem, agirem e se expandirem no estado.

Além disso, a PRF atendeu a mais de 1.080 ocorrências policiais em 2021, que resultaram na prisão de 865 pessoas por diversos crimes.

Apreensões recordes de drogas

Números de apreensões

No ano passado, a PRF apreendeu 927 quilos de cocaína e 135 quilos de crack, números 190% superiores aos registrados em 2020. É também a maior quantidade registrada na séries histórica, ultrapassando os 999 quilos apreendidos das drogas em 2019.

As equipes da PRF também apreenderam 2.679 unidades de metanfetaminas, além de 238 quilos de maconha e 50 quilos de “skunk”, droga conhecida como supermaconha, devido aos seus efeitos acentuados. Também foram apreendidas mais de 775 mil carteiras de cigarros contrabandeados.

A PRF também registrou um aumento 14% no número de veículos recuperados: foram 251 veículos roubados recuperados pelas equipes no estado.

Arsenal apreendido pela PRF

Fiscalização de trânsito eficaz

Os números de combate à criminalidade mostram o sucesso da atuação no estado, porém a PRF não deixou de atuar para prevenir acidentes de trânsito e coibir condutas perigosas ao volante. 

Em 2021, as equipes da PRF abordaram 123% mais veículos que em 2020, resultando em 51.356 autos de infração por desrespeito ao código de trânsito.

Dentre as condutas mais perigosas fiscalizadas, o destaque fica para a falta do uso do cinto de segurança (1.785 autuações), falta do uso do capacete nas motocicletas (4.158 autuações), uso do celular ao volante (354 autuações) e ultrapassagens proibidas (10.978 autuações).

Embriaguez ao volante

A perigosa mistura entre álcool e direção também foi combatida pela PRF no Ceará em 2021. Durante o ano, foram realizados 14.755 testes do bafômetro, que resultaram em 532 autuações por direção sob a influência de álcool.

Desses motoristas, 98 foram presos pelo crime de embriaguez ao volante que é constatado quando o teste do bafômetro tem resultado superior a 0,33 mg/l. 

Número de acidentes

Infelizmente, condutas imprudentes no trânsito muitas vezes têm resultados fatais. No ano de 2021, foram registrados 1.566 acidentes nas rodovias federais do Ceará. Quatro a menos que em 2020. 

Desses acidentes, 1.679 pessoas ficaram feridas, 4,4% a menos que no ano anterior. O número de mortos, no entanto, aumentou em 7,3%: em 2021 foram 190 vítimas fatais da imprudência no trânsito, enquanto em 2020 foram 177. 

Educação para um trânsito mais seguro

A PRF, porém, atua não só de forma repressiva com autuações, mas também age preventivamente para tornar o trânsito mais seguro para todos. Ao longo de 2021, mais de 16 mil pessoas receberam orientações educativas de policiais rodoviários federais.

Foram centenas de palestras sobre segurança no trânsito, vários passeios ciclísticos educativos e cinemas rodoviários realizados em todo o Ceará no ano de 2021, em empresas, escolas, praças e rodovias.

Liderança em atividade social     

No ano de 2021 e já em 2022, a PRF têm sido um verdadeiro polo de solidariedade no Ceará. Três grandes campanhas nacionais de arrecadação tiveram destaque no estado: Estrada Solidária, Policiais Contra o Câncer Infantil e Natal Voluntário. 

Foram arrecadados centenas de brinquedos e toneladas de alimentos para crianças carentes, crianças em tratamento de câncer e pessoas em situação de vulnerabilidade. 

No corrente ano de 2022 o processo continua o mesmo e os recordes em apreensões vem acontecendo. Inclusive com várias ações bem sucedida ocorridas fora das rodovias federais, o que mostra a importância da PRF na atuação de prevenção e combate qualificado ao crime e às organizações criminosas nas áreas de interesse da União servindo toda a sociedade.

A PRF também continua com suas ações solidarias como polícia cidadã.

Gov.br/Secom/V&R

Obrigado a todos parceiros que nos ajudam a divulgar os serviços da Polícia. C. H.

PRF IMPARÁVEL

23/JULHO DIA DO PRF – PRABÉNS GUERREIROS